Qual café você bebe? Você acha que os solteiros ou os casados tomam mais café por dia? E a população de qual estado brasileiro investe mais na hora de comprar os grãos? Descubra a seguir
Caio Tucunduvacolaboração para o Viagem & Gastronomia

Neste novo artigo decidi não falar do café, mas sobre vocês e seus hábitos de consumo desse líquido mágico no Brasil.
Acabou de sair uma pesquisa super interessante da Inês Ferreira, uma expert em marketing digital que investigou os nossos comportamentos. Nessa pesquisa, entrevistaram mil brasileiros cafeinados de todos os cantos do país. E os resultados são surpreendentes!
A média diária nacional de café é de 3,8 xícaras. Quem diria que Mato Grosso é o estado dos “cafezeiros campeões”, tomando em média 7,1 xícaras por dia! São Paulo não fica muito atrás, com 4,4 copos diários, e Santa Catarina e Espírito Santo empatam em terceiro com 4,3 copos por dia. Agora, Sergipe leva o título de menos viciado, com uma média de 2,7 xícaras diárias.
Leia mais:
Mas ó, presta atenção! Beber mais café não significa gastar mais dinheiro com a bebida. Pode significar até menos quantidade, mas com um investimento maior em café de qualidade. E adivinha quem são os “cascudos” no gasto de café? Isso mesmo, os mato-grossenses, que desembolsam em média R$ 93,7 por mês. Depois vem os do Mato Grosso do Sul (R$ 88,1), Paraná (R$ 85,9) e Rio de Janeiro (R$ 82,4). Do outro lado, os mais econômicos são os do Pará (R$ 52,7), Sergipe (R$ 50,4) e Distrito Federal (R$ 32,4).
Outra coisa interessante é que 76% dos brasileiros preferem tomar café em casa. O amor pelo cafezinho continua firme e forte em 2023! Mais da metade (69,02%) vai manter a quantidade diária de café, mas 17,6% planejam diminuir duas xícaras por dia. E adivinha qual tipo de café é o preferido? O Expresso! A galera tá curtindo também as máquinas de cápsulas, com 51,31% possuindo uma em casa.
A pesquisa também esmiuçou o consumo por estado civil e número de filhos. Quem acha que os casados lideram no café está certíssimo. Eles tomam em média 2,6 xícaras por dia. Os viúvos vêm em segundo lugar, com 2,4 xícaras. Já os divorciados e os solteiros são mais tranquilos, com uma média de 1,6 xícaras diárias.
E olha que legal, quem tem mais filhos tende a tomar mais café. Pais com 1 filho bebem, em média, 2 xícaras por dia, enquanto aqueles com 3 ou mais filhos tomam 3 xícaras.
E é isso, galera! Homens, quando viram papais, tendem a aumentar o consumo de café, chegando a 4,3 xícaras por dia com 3 filhos. Já as mamães solo tomam em média 2,3 xícaras e os pais solteiros, 1,75 xícaras.
Enfim, café é uma paixão nacional e cada um tem o seu jeitinho de apreciar essa maravilha! Então, bora tomar um cafezinho?
*Os textos publicados pelos Insiders e Colunistas não refletem, necessariamente, a opinião do CNN Viagem & Gastronomia.
Engenheiro civil, Caio Tucunduva também é especialista, mestre e doutor em sustentabilidade pela Universidade de São Paulo. Se apaixonou pelo mundo do café quando a onda dos cafés especiais começava a dar as caras no Brasil – tendência que ele já observava no exterior, afinal sempre foi atento às tendências gastronômicas. Já especialista em hospitalidade, Caio, decidido que iria se enveredar para essa área, começou pelos cursos do Senac de barista e gestão de bares e restaurantes. Depois formou-se como degustador e classificador de café. Também se tornou mestre de torra, fez cursos com grandes mestres e especialistas de café. Com toda essa bagagem, foi para Austrália oferecer consultoria de torra de café brasileiro e, claro, aprendeu novas técnicas, como a blendagem de café verde, umas das marcas registradas de Caio atualmente. Atento e criativo, ele desenvolveu uma técnica bastante interessante de maturação de cafés especiais em madeiras e destilados. Hoje, regularmente, percorre o país atrás de bons produtores.
Tudo sobre as eleições, direto no seu email. Todas às quintas, no fim da tarde.
Mais Recentes da CNN
Nemo enim ipsam voluptatem quia voluptas sit aspernatur aut odit aut fugit:
Nemo enim ipsam voluptatem quia voluptas sit aspernatur aut odit aut fugit.
Mensagem enviada com sucesso!

source