Esqueci minha senha
Não tem conta? Acesse e saiba como!
A Polícia Civil do Espírito Santo (PC-ES) deflagrou nesta terça-feira (25) a Operação Crypta, com objetivo de identificar e prender pessoas suspeitas de venderem drogas, armas e munições através de anúncios feitos em grupos de aplicativos de mensagens e rede sociais.
Ao todo foram expedidos 35 mandados de busca e apreensão para os municípios de Vila Velha, Serra, Cariacica, Viana e Marataízes. Cinco arma foram apreendidas, três em Cariacica, e duas em Vila Velha, onde também foi apreendido um colete à prova de balas. Até o momento quatro pessoas foram presas.
Veja mais notícias sobre Polícia aqui
A Operação Crypta nasceu através de um investigação de um traficante de Cariacica pela PC-ES, quando descobriram que o tal traficante fazia parte de um grupo em um aplicativo mensagem, com mais 250 pessoas, onde os integrantes negociavam armas, que acabavam por abastecer o tráfico de drogas no Estado.
Depois de concretizada a vendas, os criminosos do grupo entregavam através de delivery as armas para os compradores.
Fizeram parte da operação agentes da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), da Superintendência de Polícia Interestadual e de Capturas (Supic) e do Centro de Inteligência e Análise Telemática (CIAT).
Leia mais:
Acidente na BR-101 entre três veículos deixa um morto na Serra
Namorada de jovem que teve a barriga aberta em praia de Guarapari é inocentada
Seis idosos são vítimas de violência todos os dias na Grande Vitória

source